Referência: Tribuna PR

PM faz operações contra o tráfico de drogas em Colombo

O combate ao tráfico de drogas é sempre realizado pela Polícia Militar que tenta com todas as forças diminuir o número de usuários e traficantes, para que esse mal não continue a se espalhar, levando vidas de diversos jovens e pais de família.

A operação realizada pela PM no dia 12 de junho conseguiu reunir 18 suspeitos do tráfico de drogas, onde dentre estes 10 eram policiais.  Um dos principais objetivos da operação que foi realizada e já estava sendo planejada há pouco mais de um ano, era conseguir desmontar o comércio de drogas que é realizado fortemente no bairro Guarani em Colombo.

Além de acabar com o tráfico de drogas a operação tinha o objetivo de identificar a venda de armas para a população. Uma vez que o armamento não é permitido para qualquer pessoa, existe uma grande discussão e até mesmo procura, para que trabalhadores comuns possam ter uma arma com o objetivo de proporcionar maior segurança para si e em alguns casos para a sua família.

Como se proteger frente a situações como estas

Tendo em vista que todos os dias várias pessoas são vítimas de assalto a mão armada, e circulam em regiões perigosas e muitas vezes sabendo dos riscos que corre, devido ao tráfico de drogas acontecer em determinada região, muitas pessoas de bem podem se perguntar qual é a melhor forma de conseguir se proteger, para que nenhum mal aconteça com a sua vida ou mesmo das pessoas que se amam.

Com o objetivo de conseguir proporcionar maior segurança para a população, a Polícia Militar realizar diversas ações para que seja possível identificar munições e armas que não tenham a licença de utilização conforme necessário, sendo utilizadas por pessoas que não tem o porte de armas, ameaçando a segurança de outras pessoas.

E por isso existe um grande debate sobre o armamento da população, se deve ser realizado ou não. Alguns dizem que andar armado é um direito do cidadão, para que consiga proteger a sua integridade.

Não só na cidade de Colombo mas também em outros diversos municípios esse debate ainda é muito grande, e existem fortes opiniões dos dois lados, sempre colocando na balança os pros e contras em ter uma população que ande armada.

Se este fosse um cenário possível, na operação citada a Polícia Militar, não precisaria se preocupar em encontrar armas nos mais de 96 mandatos que foram realizados para os 18 suspeitos de tráfico de drogas.

Saiba como defender a sua opinião

Especialmente como estamos em ano de eleições, os candidatos à presidência do país aos poucos também estão manifestando a sua opinião, assim como de seus partidos, sobre o armamento a população, e possivelmente irão levar isso para as urnas.

Muitos acreditam que é uma opção para um chefe de família, um pai ou uma mãe, poder defender a sua família e as pessoas que amam. E portanto, defendem a todo o custo o direito de que toda a população possa andar armada, solicitando a permissão necessária ao porte de armas.

Por outro lado, existem aquelas pessoas que defendem a ideia de que a população não deve andar armada pois isso poderia deixar ainda mais forte a atuação de traficantes de drogas e pessoal que praticam o assalto, aumentando a criminalidade em todos os municípios como Colombo e em outras cidades.

É preciso pesquisar cada vez mais sobre o assunto, paras saber construir argumentos que sejam sólidos e assim poder defender a sua opinião, especialmente em ano de eleições. A polícia já demonstrou diversas vezes, especialmente nessa ação de operação contra o tráfico, que existem pessoas que possuem armas sem a correta permissão, e para isso é cada vez mais necessário entender quais são as vantagens e desvantagens em permitir que a população possua o seu armamento.

Referência: Tribuna PR
Referência: Tribuna PR/ Foto: Marco Charneski.