o que é transtorno de ansiedade

Saiba o que é Transtornos de Ansiedade

Todos nós nos sentimos nervosos ou preocupados às vezes. Essa ansiedade pode ser um sentimento útil quando nos motiva ou nos adverte do perigo. Um transtorno de ansiedade, por outro lado, causa ansiedade inesperada ou inútil que afeta seriamente nossas vidas, incluindo a forma como pensamos, sentimos e agimos.

O que são transtornos de ansiedade?

Os transtornos de ansiedade são doenças mentais. Os diferentes tipos de transtornos de ansiedade incluem:

Fobias

Uma fobia é um medo intenso em torno de uma coisa específica, como um objeto, animal ou situação. A maioria de nós tem medo de algo, mas esses sentimentos não atrapalham nossas vidas. Com fobias, as pessoas mudam a maneira como vivem para evitar o objeto ou situação temidos.

Transtorno do pânico

Transtorno do pânico envolve ataques de pânico repetidos e inesperados. Um ataque de pânico é uma sensação de medo repentino e intenso que dura por um curto período de tempo. Causa muitas sensações físicas como um coração acelerado, falta de ar ou náusea. Ataques de pânico podem ser uma reação normal a uma situação estressante, ou uma parte de outros transtornos de ansiedade. Com o transtorno do pânico, ataques de pânico parecem acontecer sem nenhum motivo. As pessoas que sofrem de transtorno de pânico temem mais ataques de pânico e podem se preocupar que algo de ruim aconteça como resultado do ataque de pânico. Algumas pessoas mudam sua rotina para evitar o desencadeamento de mais ataques de pânico.

Agorafobia

Agorafobia é medo de estar em uma situação em que uma pessoa não pode escapar ou encontrar ajuda se sofrer um ataque de pânico ou outros sentimentos de ansiedade. Uma pessoa com agorafobia pode evitar lugares públicos ou até mesmo evitar deixar suas casas.

Transtorno de ansiedade social

Transtorno de ansiedade social envolve medo intenso de ser constrangido ou avaliado negativamente por outros. Como resultado, as pessoas evitam situações sociais. Isso é mais que timidez. Pode ter um grande impacto no trabalho ou no desempenho escolar e nos relacionamentos.

Distúrbio de ansiedade generalizada

Transtorno de ansiedade generalizada é preocupação excessiva em torno de uma série de problemas cotidianos por mais de seis meses. Essa ansiedade costuma ser muito maior do que o esperado – por exemplo, ansiedade intensa por causa de uma preocupação menor. Muitas pessoas também experimentam sintomas físicos, incluindo tensão muscular e problemas de sono.

Outras doenças mentais

Algumas doenças mentais não são mais classificadas como transtornos de ansiedade, embora a ansiedade ou o medo seja uma parte importante das doenças.

Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)

Transtorno obsessivo-compulsivo é composto de pensamentos indesejados, imagens ou desejos que causam ansiedade (obsessões) ou ações repetidas destinadas a reduzir essa ansiedade (compulsões). Obsessões ou compulsões geralmente levam muito tempo e causam muita angústia.

Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT)

Transtorno de estresse pós-traumático pode ocorrer após um evento muito assustador ou traumático, como abuso, um acidente ou um desastre natural. Os sintomas de PTSD incluem reviver o evento através de pesadelos ou flashbacks, evitando lembranças do evento traumático e sentindo-se inseguro no mundo, mesmo quando a pessoa não está em perigo.

Quem eles afetam?

Os transtornos de ansiedade podem afetar qualquer pessoa em qualquer idade e são o problema de saúde mental mais comum. Às vezes, os transtornos de ansiedade são desencadeados por um evento específico ou uma experiência de vida estressante. Transtornos de ansiedade podem ser mais prováveis ​​de ocorrer quando temos certas maneiras de encarar as coisas (como acreditar que tudo deve ser perfeito) ou aprender estratégias de enfrentamento inúteis de outras pessoas. Mas às vezes simplesmente não parece haver uma razão.

Eles podem causar vários tipos de problemas no homem, como a ejaculação precoce. A ejaculação precoce é a causa de 75% da ejaculação precoce que atinge mais de 40% de todos os homens do mundo. Para evitar esse tipo de problema deve-se fazer o uso  Remédio para ejaculação precoce.

O que posso fazer sobre eles?

Muitas pessoas que experimentam um transtorno de ansiedade pensam que devem ser capazes de “superar” por conta própria. Outros podem precisar de tempo para reconhecer quão profundamente a ansiedade afeta sua vida. No entanto, transtornos de ansiedade são doenças reais que afetam o bem-estar de uma pessoa. É importante conversar com um médico sobre preocupações com a saúde mental. Algumas condições de saúde física causam sintomas de ansiedade. Um médico examinará todas as possíveis causas de ansiedade.

A ansiedade normal e esperada faz parte do ser humano. O tratamento deve procurar reduzir estratégias de enfrentamento inúteis e construir comportamentos saudáveis ​​que ajudem a gerenciar melhor a ansiedade.

Cada transtorno de ansiedade tem seus próprios tratamentos e objetivos específicos, mas a maioria inclui alguma combinação das seguintes estratégias:

Aconselhamento

Uma forma eficaz de aconselhamento para ansiedade é a terapia cognitivo-comportamental (ou “TCC”). CBT ensina como seus pensamentos, sentimentos e comportamentos trabalham juntos. Um objetivo da TCC é identificar e mudar os padrões inúteis de pensamento que alimentam pensamentos ansiosos. A TCC pode ajudá-lo a identificar comportamentos problemáticos e substituí-los por estratégias úteis. Muitas vezes, é o primeiro tratamento para tentar problemas leves ou moderados com ansiedade.

Medicação

Algumas pessoas também acham útil ansiolíticos ou antidepressivos. A medicação pode ajudar com as sensações físicas de ansiedade. Pode também tornar os pensamentos ansiosos menos frequentes ou intensos, por isso pode ser mais fácil aprender estratégias de enfrentamento úteis. Algumas pessoas tomam medicação até que sua ansiedade seja controlada o suficiente para tentar terapias como a TCC.

Grupos de apoio

Grupos de suporte – presenciais ou on-line – podem ser um bom lugar para compartilhar suas experiências, aprender com os outros e se conectar com pessoas que entendem.

Estratégias de autoajuda

Muitas habilidades diferentes podem ajudar as pessoas a controlar a ansiedade, como o controle do estresse, a solução de problemas e o relaxamento. A atenção plena – desenvolver a consciência do momento presente sem julgamento – também pode ajudar. Práticas que apoiam o bem-estar, como se alimentar bem, se exercitar, se divertir e se conectar com outras pessoas, também são importantes.

Como posso ajudar um ente querido?

Apoiar um ente querido que está passando por um transtorno de ansiedade pode ser difícil. Você pode não entender porque seu ente querido sente ou age de uma certa maneira. Algumas pessoas que experimentam um transtorno de ansiedade sentem que precisam fazer as coisas de uma determinada maneira ou evitar coisas ou situações, e isso pode criar frustração ou conflito com os outros. Você pode se sentir pressionado a participar desses comportamentos ou ajustar seus próprios comportamentos para proteger ou evitar perturbar um ente querido. O suporte pode ser um equilíbrio delicado, mas você deve esperar a recuperação – no tempo.

Aqui estão algumas dicas gerais.

Lembre-se de que a doença é o problema – raiva, frustração ou comportamentos relacionados à ansiedade não são culpa de ninguém.

Seja paciente – aprender e praticar novas estratégias de enfrentamento leva tempo.

Se o seu ente querido está aprendendo novas habilidades, ofereça-se para ajudá-los a praticar.

Ouça e ofereça apoio, mas evite aconselhar-se sem querer.

Estabeleça limites e busque apoio para você mesmo, se necessário.

Se outros membros da família forem afetados pelo transtorno de ansiedade de um ente querido, considere procurar aconselhamento familiar.

Precisa de mais ajuda?

Entre em contato com uma organização da comunidade, como a Canadian Mental Health Association, para saber mais sobre o apoio e os recursos em sua área.

Fundada em 1918, a Associação Canadense de Saúde Mental (CMHA) é uma instituição beneficente nacional que ajuda a manter e melhorar a saúde mental de todos os canadenses. Como líder nacional e defensora da saúde mental, a CMHA ajuda as pessoas a acessar os recursos da comunidade de que precisam para construir resiliência e apoiar a recuperação da doença mental.