Santa Casa de Colombo realiza cirurgias eletivas de baixa e média complexidade

Santa Casa de Colombo realiza cirurgias eletivas de baixa e média complexidade

12

By WebMaster

5867

Com o início da segunda fase de reabertura mais procedimentos poderão ser realizados, entre eles: os serviços de consultas médicas especializadas, diagnóstico e cirurgias eletivas, de baixa e média complexidade, com internamento

A Prefeita Beti Pavin, esteve na última quarta-feira, 14, em reunião na 2ª Regional de Saúde Metropolitana, em Curitiba, para tratar do início da segunda fase de reabertura da Santa Casa de Colombo.

O encontro contou com a presença do Secretário da Saúde, Darci Braga, o Diretor Financeiro do Hospital, Diogo Vasconcelos, a Coordenadora da Seção de Regulação Controle Avaliação e Auditoria (Scraca), Maria Assunção e o Diretor da 2ª Regional de Saúde Metropolitana, Guilherme Graziani.

“Estamos muito felizes em começar mais essa etapa de reabertura da Santa Casa, pois é um hospital como uma história importante para o município e a população precisa de atendimento médico de qualidade e próximo de suas casas”, ressaltou Beti Pavin.

A Santa Casa de Misericórdia de Colombo esteve fechada por dois anos e com a anuência do Ministério Público, a justiça assinou a autorização para que a Santa Casa firmasse convênios e pudesse reabrir, em 2014, com atendimentos ambulatoriais de clínica médica e realização de exames e cirurgias.

“Em parceria com a Prefeitura de Colombo e a Secretaria de Saúde será possível qualificar e eliminar a fila de espera de pacientes”, destacou o secretário da pasta, Darci Martins Braga.

Nessa segunda etapa, mais procedimentos serão realizados, entre eles: os serviços de consultas médicas especializadas, diagnóstico e cirurgias eletivas, que permitem escolher a melhor data para serem realizadas, sendo de baixa e média complexidade com internamento.

Para o Diretor Financeiro, Diogo Vasconcelos, essa etapa ocorreu conforme planejado, pois, “a liberação veio no mesmo período da campanha de mutirões cirúrgicos, porque a ideia era abrir o centro cirúrgico aos colombenses utilizando verba do Ministério da Saúde, evitando maiores gastos do município de Colombo”, explica Vasconcelos.

A terceira fase de reabertura da Santa Casa, contará com os atendimentos de emergência e a reabertura oficial como Hospital com a instalação de UTI.

O hospital

58456A Santa Casa de Misericórdia de Colombo conta com mais de 50 anos de existência, sendo uma instituição filantrópica privada sem fins lucrativos e funciona contando com doações e parcerias. No convênio com a Prefeitura de Colombo, o município irá comprar os serviços disponíveis para oferecer à população.

O hospital possui 70 leitos, centro cirúrgico, centro de material esterilizado, pronto-atendimento, áreas de apoio (técnica e administrativa), centro de especialidades, exames e laboratório. Sendo um hospital de referência para o município de Colombo. Antes do fechamento, a Santa Casa realizava aproximadamente 6.500 atendimentos/mês entre consultas, exames e internamentos e 750 Procedimentos/Cirurgias. Vale lembrar, que 98% destes atendimentos, eram atendidos pelo SUS.

Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

Foto: João Senechal/ PMC

Via:: Pref de Colombo