Vacina contra a gripe está disponível para toda a população

Todos os anos o Ministério da Saúde lança a campanha de vacinação para que toda a população consiga receber a dose da vacina. Esta vacina consegue ajudar o organismo a receber o vírus da gripe, de modo fragilizado para que o organismo consiga criar anticorpos e assim ficar imune a doença.

A campanha neste ano de 2018 iniciou no dia 23 de abril e encerrou no dia 22 de junho. Mas não precisa se preocupar se você não conseguiu receber a sua dose.  A Secretaria Municipal da Saúde começou a disponibilizar a partir do dia 25 de junho 70 mil doses, para aquelas pessoas que não tiveram a oportunidade de tomar antes.

Os benefícios da vacina da gripe

Durante a 20ª Campanha Nacional de vacinação contra a Influenza foram distribuídas vacinas para os seguintes grupos de pessoas:

  • Crianças menores de 6 meses a menores de 5 anos;
  • Idosos a partir de 60 anos;
  • Trabalhadores da saúde;
  • Professores das redes pública e privada;
  • Povos indígenas;
  • Gestantes;
  • Puérperas, até 45 dias após o parto;
  • Pessoas privadas de liberdade;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Pessoas com doenças crônicas.

A vacina foi desenvolvida para que consiga proteger contra as três modalidades do vírus da gripe, e que geralmente conseguem atingir as pessoas que estão com baixa imunidade, como o vírus H1N1 e H3N2. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), esses são os vírus com maior índice de casos no último ano na região do Hemisfério Sul, e por isso estão presentes nesta vacina.

Para que a vacina possa ser produzida e proporcionar a imunidade na quantidade correta, os vírus são colocados em ovos de galinha e o líquido que envolve o embrião no ovo, serve de matéria prima para a vacina.  Os vírus são coletados a partir de amostras, e depois purificado para transformar o agente imunizante. Todo o processo de pesquisa e desenvolvimento da vacina, deve ser realizada no início do ano, para que pouco antes do outono já esteja disponível para proteger a população.

 

Como receber as doses remanescentes da vacina

Depois de finalizado o período de campanha de vacinação para os grupos de risco, as vacinas remanescentes serão distribuídas para as pessoas que tenham o interesse em se proteger e aumentar a imunidade, para não desenvolver um quadro de gripe.

São 70 mil doses remanescentes que estão disponíveis nas mais de 100 unidades básicas de saúde na cidade de Curitiba e também em Colombo. Essa campanha não terá um tempo pré-determinado para a duração.  As equipes de saúde ficarão disponíveis nas unidades até acabar as doses disponíveis para a vacina.  Os interessados deverão comparecer no horário das 8h às 18h, com um documento oficial.

Os casos de gripe não aparecem somente nas estações do outono e inverno, apenas nesses meses os casos são mais recorrentes devido as baixas temperaturas de nossa cidade. Mas não basta apenas tomar a vacina, é necessário tomar os cuidados necessários para não pegar gripe em nenhuma época do ano.

Para se prevenir é importante ficar atento especialmente aos cuidados com a higiene, pois o vírus pode ser transmitido pelo ar, afetando então principalmente o sistema respiratório atacando o nariz, garganta e brônquios. Se for espirrar ou tossir procure cobrir o nariz e a boca, para não contaminar o ar do local, procure utilizar um lenço descartável.

Os principais sintomas da gripe são febre, tosse, mal-estar e dores no corpo, além de dor de garganta e dor de cabeça.  Caso esteja com algum desses sintomas, é preciso procurar atendimento médico para que o especialista possa indicar remédios ou tratamentos que deverão ser realizados para você melhorar.